Benefícios da Nota Fiscal Eletrônica

warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/deyvid/dygnus.com/includes/menu.inc on line 1012.

O Projeto NF-e instituirá mudanças significativas no processo de emissão e gestão das informações fiscais, trazendo grandes benefícios para os contribuintes e as administrações tributárias, conforme descrito a seguir:


Benefícios para o Contribuinte Vendedor (Emissor da NF-e) 


*Redução de custos de impressão;
*Redução de custos de aquisição de papel;
*Redução de custos de envio do documento fiscal;
*Redução de custos de armazenagem de documentos fiscais;
*Simplificação de obrigações acessórias, como dispensa de AIDF;
*Redução de tempo de parada de caminhões em Postos Fiscais de Fronteira;
*Incentivo a uso de relacionamentos eletrônicos com clientes (B2B);


Benefícios para o Contribuinte Comprador (Receptor da NF-e) 


http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/imagens/bullet_menu_drop.gifEliminação de digitação de notas fiscais na recepção de mercadorias;
http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/imagens/bullet_menu_drop.gifPlanejamento de logística de entrega pela recepção antecipada da informação da NF-e;
http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/imagens/bullet_menu_drop.gifRedução de erros de escrituração devido a erros de digitação de notas fiscais;
http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/imagens/bullet_menu_drop.gifIncentivo ao uso de relacionamentos eletrônicos com fornecedores (B2B);


Benefícios para a Sociedade 


*Redução do consumo de papel, com impacto positivo no meio ambiente;
*Incentivo ao comércio eletrônico e ao uso de novas tecnologias;
*Padronização dos relacionamentos eletrônicos entre empresas;
*Surgimento de oportunidades de negócios e empregos na prestação de serviços ligados à Nota Fiscal Eletrônica.


Benefícios para as Administrações Tributárias 


*Aumento na confiabilidade da Nota Fiscal;
*Melhoria no processo de controle fiscal, possibilitando um melhor intercâmbio e compartilhamento de informações entre os fiscos;
*Redução de custos no processo de controle das notas fiscais capturadas pela fiscalização de mercadorias em trânsito;
*Diminuição da sonegação e aumento da arrecadação;
*Suporte aos projetos de escrituração eletrônica contábil e fiscal da Secretaria da RFB (Sistema Público de Escrituração Digital – SPED).